fbpx

 

Siga a gente nas redes sociais!

Blog

Comitiva lageana participa de Missão Técnica de Inovação em São Paulo

A última semana foi de muito aprendizado para um grupo lageano que participou da Missão Técnica de Inovação na cidade de São Paulo promovida pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial (SENAC). A viagem foi entre os dias 19 e 23 de setembro e realizou visitas à 10 empreendimentos diferentes dentro da cidade.

Os cinco participantes, Amauri Bacci (Secretaria de Desenvolvimento), Claiton Camargo (Órion Parque Tecnológico), Laís Casa de Cordova (Órion Parque Tecnológico), Maickon Albuquerque (Senac Lages) e Victor Tortelli (NDD), saíram de Lages em busca de conhecimentos sobre inovação e tecnologia para trazer mais desenvolvimento no setor para a região serrana de Santa Catarina.

“Para nós, foi de extrema importância vermos de perto o funcionamento de grandes empresas de base tecnológica e inovadora, captamos várias ideias e, com certeza, aplicaremos o mais breve possível aqui em Lages. A visita foi importante e nos ajudará a desenvolver ainda mais o ecossistema de inovação do Órion Parque”, afirma o presidente do Instituto Órion, Roberto Amaral.

Na visão do Analista Profissional do Senac Lages, Maickon Albuquerque, a Missão foi uma ótima oportunidade para ver, na prática, o ecossistema de inovação de São Paulo. “Através das visitas e network será possível desenvolvermos estratégias e mobilizar os atores envolvidos no processo de inovação de nossa cidade, integrando o stakeholders no processo de desenvolvimento da inovação”, comenta.

De acordo com o representante da Secretaria de Desenvolvimento de Lages, Amauri Bacci, a viagem representou seu primeiro passo em busca da inovação para Lages e região. “Entendi que precisamos criar um ecossistema de inovação com base tecnológica, e o caminho é através do Órion Parque Tecnológico. Nós já temos tudo para começarmos a desenvolver o ecossistema: a estrutura, as pessoas e agora ainda mais, o conhecimento. Aprendemos em São Paulo com os melhores, e traremos os conceitos para a nossa região”, afirma.

Visitas:

Impact Hub São Paulo – é uma rede mundial de coworking e tem como foco criar impacto positivo na sociedade.

Artemísia – Aceleradora de negócios sociais. Foi pioneira no uso do termo “inovação social”.

Oxigênio – É uma aceleradora da empresa Porto Seguro e age em parceria com uma empresa situada no Vale do Silício (Plug and Play).

Campus São Paulo – Mantida pelo Google, é um coworking de acesso livre para a comunidade.

Startup Farm – É a aceleradora mais ativa do Brasil para startups. Somam 11 bi de valor de mercado. Já aceleraram mais de 250 equipes e estão presentes em mais de 110 países.

Viva Real – Serviço que conecta pessoas para transição de imóveis. A empresa já recebeu mais de R$ 120 milhões de reais em aporte. A plataforma conecta imobiliárias, incorporadoras e corretores com consumidores que buscam um imóvel.

ECHOS (Escola de Design Thinking) – Tem como propósito principal, formar novas gerações de inovadores. Está presente em 3 países e possui mais de 33 mil alunos.

Cubo Coworking Itaú – É um hub criado em 2015 pelo banco Itaú em parceria como uma empresa de investimento, a Redpoint Eventures.

Monashees – É um dos fundos mais ativos do Brasil de venture capital. Investiu em empresas como a 99 Taxis, ContaAzul, Neoway e Piperdrive.

COW Coworking – É um espaço inovador de coworking que também abriga a empresa Oracle, gerenciadora de banco de dados.

 

Conversas:

Renan Capaverde – Engenheiro de Software da Nubank, startup que oferece serviços financeiros.

Gabriel Senra – CEO da Linte, startup de serviços jurídicos.

Guta Orofino – Consultora de Business Innovation e professora na Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM).

Confira a primeira parte do vídeo de ambientação aqui: https://youtu.be/IC3xHlRuGnY

 

Assessoria de Imprensa Instituto Órion

imprensa@orionparque.com

Sem comentários
Poste um Comentário