fbpx

 

Siga a gente nas redes sociais!

Blog

Programas de Aceleração abertos: não perca a oportunidade!

Aceleradoras são empresas cujo objetivo principal é apoiar e investir no desenvolvimento e rápido crescimento de startups, ajudando-as a obter novas rodadas de investimento ou a atingir seu ponto de equilíbrio (break even), fase em que elas conseguem pagar suas próprias contas com as receitas do negócio. 

“Além dos serviços de apoio e benefícios oferecidos, a aceleradora investe também um pequeno valor financeiro, o chamado survival money e, em contrapartida, torna-se sócia da startup até o desinvestimento, que é quando sua participação é vendida para investidores ou empresas”, diz Pedro Waengertner, professor e coordenador de marketing digital na ESPM, presidente da ABRAII (Associação Brasileira de Empresas Aceleradoras de Inovação e Investimento) e co-fundador da Aceleratech, uma das principais aceleradoras do país.

Para que serve: Para apoiar o desenvolvimento de startups. Dentro de uma aceleradora, as jovens empresas recebem mentoria, apoio financeiro, um local para trabalhar e acesso a redes de contato a que dificilmente teriam acesso, como investidores e grandes empresas.

Veja os programas que estão abertos:

1. Oxigênio Aceleradora: A Oxigênio é a aceleradora da Porto Seguro, criada em parceira com a Plug and Play Tech Center (uma das maiores aceleradoras do Vale do Silício), com o objetivo de buscar, investir e acelerar startups com negócios sinérgicos aos da Porto Seguro, para que possam explorar oportunidades em conjunto em áreas como: fintech, seguros, serviços automotivos, residenciais e imobiliários, big data e analytics, blockchain, segurança e monitoramento, conectividade, telefonia e saúde. Em dois anos de operação, foram 24  startups aceleradas e US$ 1.200.00,00 investidos. Mais informações em: https://oxigenioaceleradora.com.br/ – até 29/10.

2. Liga Emerging Technologies: criado em parceria com a TIVIT, o programa Liga Emerging Technologies vai conectar startups que trabalham com tecnologias emergentes – como Inteligência Artificial, Blockchain, Realidade Virtual e Aumentada, IoT, Clean Techs e Indústria 4.0 – e grandes players do mercado. Mais informações em: http://liga.ventures/emerging-tech/– até 07/11.

3. BrinksUp!: a Brink’s, empresa líder global em segurança e logística segura, lançou, em conjunto com a Liga Ventures, o programa BrinksUp!, que vai buscar, acelerar, investir e explorar oportunidades de negócios com as startups que estão inovando nos setores de segurança, transporte e logística, varejo, meios de pagamento, moedas, criptomoedas, produtividade e inteligência. Mais informações em: http://liga.ventures/brinksup/ – até 19/11.

Fontes: Liga Ventures e Na Prática.

Para mais informações: lais@orionparque.com

Sem comentários
Poste um Comentário