fbpx

Redes Sociais

Mapa

Blog

Com apoio do Orion, Lages adere a programa da Secretaria Nacional da Família voltado ao fortalecimento dos vínculos familiares

Cerimônia de adesão foi realizada de forma on-line. O programa Famílias Fortes visa o bem-estar dos membros da família a partir do fortalecimento dos vínculos familiares e do desenvolvimento de habilidades sociais. 

Lages está entre o seleto grupo de municípios brasileiros que desenvolverão as atividades do Projeto-Piloto Famílias Fortes, promovido pela Secretaria Nacional da Família, órgão vinculado ao Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos.

Em meados do mês passado, o secretário municipal da Saúde, Claiton Camargo de Souza, também diretor-executivo do Parque Tecnológico, participou da cerimônia on-line de adesão ao acordo de cooperação técnica para implementação do programa. O documento de adesão ao programa foi assinado pelo prefeito Antonio Ceron.

O Famílias Fortes visa o bem-estar dos membros da família a partir do fortalecimento dos vínculos familiares e do desenvolvimento de habilidades sociais. Tal objetivo se baseia no fato de que uma relação positiva entre os familiares cria condições favoráveis para o bom desenvolvimento dos filhos, e tende a afastá-los de condutas de risco.

Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), relativos a 2020, Lages possui população de 157.349 habitantes, e uma estrutura de atendimentos às famílias formada por: oito Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), três Centros de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS), 27 Unidades Básicas de Saúde, um Centro de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil (CAPSi), um Centro de Atenção Psicossocial Álcool e outras Drogas (CAPSad), 126 escolas públicas municipais e 24 escolas estaduais. “Solicitamos à Secretaria Nacional da Família o envio de material didático para formação dos profissionais que vão desenvolver as atividades do projeto-piloto aqui no município”, destaca o prefeito Antonio Ceron.

Entre os objetivos do programa estão: ensinar pais e filhos a desenvolverem maneiras eficazes de comunicação e relacionamento; mostrar aos pais a importância de apoiar seus filhos; ensinar os filhos a lidar com o estresse e a pressão dos amigos; promover uma expectativa de futuro aos jovens, entre outros.

O secretário municipal da Saúde, Claiton Camargo de Souza comenta sobre a próxima etapa de implantação do projeto-piloto após a assinatura do acordo de cooperação técnica. “Pretendemos capacitar aproximadamente 100 facilitadores que conduzirão as reuniões com as famílias. O programa será fundamental para reforçarmos as políticas públicas de combate às drogas”, explica.

Orion Parque auxiliou na vinda do projeto para Lages

O Gênesis, escritório de projetos do Orion Parque, auxiliou a prefeitura na vinda do  Famílias Fortes para Lages. 

Para Mirian Demeneck, assistente social e colaboradora do Escritório, esse tipo de iniciativa corrobora as ações desenvolvidas na região, contando com parcerias com demais entes públicos para a adesão ao programa. O Gênesis escreveu o plano de trabalho e enviou os documentos necessários para o aceite. O projeto será desenvolvido pela Secretaria de Saúde, em parceria com Secretaria Municipal da Assistência Social e Habitação e Secretaria Municipal de Políticas para a Mulher.  

“O Gênesis possui expertise no desenvolvimento de projetos sociais, o que facilita a adesão aos projetos cofinanciados pelo Governo Federal, por emendas parlamentares, fundos especiais e demais fontes de recursos. Ele pode apoiar prefeituras municipais, através da escrita dos projetos, da assessoria e consultoria para desenvolver ações, que venham ao encontro das demandas destacadas por cada município. Também é possível a elaboração de diagnóstico por área de atuação, com acompanhamento de editais para adesão aos projetos que se enquadram nas prioridades elencadas no diagnóstico”, explica. 

O que é o Famílias Fortes?

O Famílias Fortes é uma metodologia de prevenção ao uso de álcool e outras drogas por meio do fortalecimento dos vínculos familiares para famílias com crianças e adolescentes de 10 a 14 anos. O conteúdo é baseado na premissa de que as crianças se saem melhor em seu desenvolvimento social quando as famílias são capazes de estabelecer limites e regras de convivência e de expressar afeto e dar apoio adequado às crianças. Facilitadores municipais que atuarão no Projeto-Piloto Famílias Fortes participarão de um curso de formação a distância. A capacitação será promovida pelo Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos (MMFDH) em parceria com a Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). O projeto busca proporcionar o bem-estar a partir do fortalecimento de vínculos familiares e do desenvolvimento de habilidades parentais e sociais.

O curso de formação inicial dos facilitadores, instituído pela Secretaria Nacional da Família (SNF), será desenvolvido por meio de um Termo de Execução Descentralizada (TED). Até lá, os agentes municipais do Famílias Fortes terão acesso a palestras relacionadas ao desenvolvimento do programa. As aulas serão transmitidas por videoconferências com turmas de até 40 facilitadores. A previsão é de que o conteúdo fique pronto até fevereiro de 2021. 

Com informações: Prefeitura Municipal de Lages e Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos

Créditos texto e foto: Flávio Fernandes

Sem comentários
Poste um Comentário

14 − oito =