fbpx

✅ Redes Sociais

🌎 Mapa

Blog

Vice-prefeito de Lages e conselheiro falam sobre ações de transformação digital em evento da Rede Cidade Digital

Painel da Rede das Cidades Digitais da Grande Florianópolis e Região Serrana, que teve a participação de Lages, destacou, entre outros assuntos, pontos estratégicos do Orion Parque Tecnológico para a cidade e região.

Como prefeituras planejam desenvolver as cidades a partir de investimentos em tecnologia? É o que prefeitos e gestores públicos trataram em encontro on-line promovido pela Rede Cidade Digital na manhã desta terça-feira (11/05). 

A proposta do Webinar foi trazer soluções e informações às Prefeituras que contribuam com o processo de modernização da máquina pública e atenuar os resultados negativos da crise do coronavírus nas cidades, colocando a tecnologia, cada vez mais, como essencial  para o monitoramento e acessibilidade dos serviços municipais prestados. O painel contou com prefeitos, especialistas, empresários e gestores públicos, além de representante do Ministério de Ciência, Tecnologia e Inovação e Comunicações, e pode ser revisto neste link: 

Na oportunidade, dois conselheiros do Orion Parque Tecnológico participaram do encontro: Juliano Polese, vice-prefeito de Lages e Conselheiro Administrativo, pela Prefeitura Municipal, e Marcos Lichtblau, superintendente de Ciência, Tecnologia e Inovação de Florianópolis, conselheiro estratégico do Orion Parque pela ACATE, entidade onde também foi vice-presidente de finanças.

Juliano comentou sobre a experiência de Lages ter sido sede de evento da Rede de Cidades Digitais, em abril de 2018, realizado no Orion Parque, reunindo representantes de cerca de 100 cidades.  

“Temos exemplos práticos na nossa cidade, como o Orion Parque, que foi criado para fomentar a tecnologia e a inovação na nossa cidade. Várias coisas já são realidade por aqui. Não podemos ser apenas uma cidade inteligente, temos que ser uma cidade sensível, que usa a inteligência para melhorar a vida das pessoas, como por exemplo a nossa rede de fibra ótica que foi instalada pela cidade. Se não tivermos essa sensibilidade, de nada adianta fazermos esses investimentos. O Centro de Inovação do Orion é o nosso canal para pensarmos todas essas ações”, lembrou ele. 

Juliano lembrou que o Orion faz parte da Rede Catarinense de Centro de Inovação, sendo o primeiro Centro de Inovação criado dentro da comunidade, ainda em 2016 Ele também aproveitou para trazer alguns números sobre o andamento das ações do Orion e do Plano de Mitigação, em 2020.

“A grande missão do Parque é criar a cultura inovadora e empreendedora no nosso município, e também articular as ações para incentivar nosso ecossistema a se desenvolver. O símbolo de inovação e tecnologia na Serra Catarinense é concretizado pelo Orion Parque. Com a pandemia, chamamos o Orion para a criação de Plano de Mitigação, que, entre outros pontos, viesse trazer a cultura de inovação para Micro Empreendedores Individuais (MEIs), e também nas pequenas empresas, fortalecendo a economia regional e aprimorando o conhecimento técnico gerencial com a estrutura que já tínhamos no nosso parque tecnológico”, ressaltou. 

Além de Lages, gestores de Florianópolis e Palhoça apresentaram as ações implantadas que visam tornar as cidades mais conectadas e eficientes. Antes de falar por Florianópolis, Marcos Lichtblau comentou sobre a importância do Orion e o quanto isso trouxe bons resultados para cidade e região. 

“Aprendo muito com Lages e, sendo membro do conselho estratégico do Orion Parque, contribuo com aquilo que pude aprender, aprendendo muito também com eles também”, disse. 

O encontro virtual também trouxe com exclusividade para as Prefeituras da região a estratégia brasileira de Inteligência Artificial para Cidades Inteligentes, do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), com Eliana Emediato, Coordenadora-Geral de Transformação Digital. 

O diretor da RCD, José Marinho, repercutiu os principais objetivos do painel, que apenas este ano contemplou mais de 40 eventos. 

“A pandemia vem acelerando o processo de informatização dos serviços públicos para que os municípios possam atender adequadamente a população, criando novas oportunidades também de emprego e renda”, observou. 

O vice-prefeito de Lages resumiu como foi o encontro: “O evento foi muito interessante, tendo um mix de cases de empresas, que estão oferecendo novas tecnologias para o poder público, e alguns representantes de municípios que estavam expondo o que vinha acontecendo neles. De Lages, apresentamos o case do Plano de Mitigação e do Somos Lages, que são duas das iniciativas em parceria Prefeitura e Orion Parque. Falamos também do Orion Parque, que é o nosso símbolo de Tecnologia e Inovação, aqui na Serra. Por fim, participamos de um painel, com oito participantes, falando da importância de termos cidades sensíveis, que usem a inteligência para transformar todas essas informações e possibilidades em melhorias dos serviços, melhorando a vida das pessoas – que é o objetivo do setor público”.

Confira como foi o evento:

Com informações: Rede Cidade Digital

Sem comentários
Poste um Comentário

dezenove − 12 =