fbpx

Redes Sociais

Mapa

Blog

Reuni Challenge gera mudanças no empreendedorismo universitário

Universitários sentem-se mais aptos a empreender após experiência de imersão empreendedora. O empreendedorismo universitário é uma das frentes para a transformação de cenários econômicos, sociais e culturais de uma região. Quando o protagonismo jovem é estimulado, nascem grandes ideias e olhares inovadores para os problemas que delineiam a região em que se vive. 

Hoje no Brasil, segundo pesquisas do Startse e Sebrae, já são mais de 15,7 milhões de jovens envolvidos na abertura de seus próprios negócios ou que já possuem uma empresa com até três anos e meio de atividade. Seis a cada 10 universitários pensam em empreender. O que percebe-se nesses casos é que a universidade não oferece estímulos suficientes como o aprofundamento do assunto, materiais e workshops e o incentivo às práticas empreendedoras para que os acadêmicos invistam no empreendedorismo.

Para transformar esse cenário, o Reuni Challenge busca, por meio da competição entre as universidades, estimular o pensamento empreendedor inserindo os universitários nas etapas da construção de um negócio. Essa ação impacta diretamente nas universidades participantes. Já após o evento os acadêmicos retornam com um pensamento diferente quanto ao futuro do trabalho e suas experiências enquanto empreendedor. “Eles perceberam como é importante enxergar um fenômeno a partir de várias visões diferentes. Eles perceberam que o trabalho multidisciplinar facilita bastante, torna mais complexas as decisões mas as torna mais assertivas também”, comenta Kaio Amarante, reitor da Universidade do Planalto Catarinense – Uniplac

Essa mudança de pensamento promovida pelo evento é transpassada para os colegas e professores dentro das universidades, que precisam se adaptar e transformar suas metodologias para dar continuidade ao trabalho desenvolvido, estimulando os estudantes ao empreendedorismo. A coordenadora do curso de Administração da Uniplac, universidade vencedora do Reuni Meio-oeste e Serra 2020, Kelli Gotardo, conta que a sua grade já conta com uma disciplina de empreendedorismo baseada não só na teoria mas na prática empreendedora, e que após o evento outros cursos engajaram-se em encabeçar projetos voltados para o tema. “Percebe-se que, além do Curso de Administração que tem em seu projeto um eixo de empreendedorismo, outros cursos estão explorando esse viés”, lembra.

Equipe vencedora do Reuni Challenge Meio-Oeste-Serra 2020

A então docente do curso de administração da Uniplac, Sayonara Varela foi a professora vencedora da competição, junto aos alunos da ADA – All Analytics Data. Ela conta que percebeu uma mudança significativa no olhar dos alunos para o empreendedorismo, apesar de já trabalhar fortemente nessa questão por meio das grades do curso, reforçando a importância de trabalhar a orientação empreendedora, repensando novos métodos para o incentivo ao pensamento empreendedor. “A gente repensou e a gincana que o curso de administração fez foi muito nesse sentido, de tentar resolver um problema real de uma empresa, oferecendo aos alunos tomar decisões em um cenário real”, conta.  

A edição 2021 do Reuni Challenge terá um desafio ainda maior em conceder o título de universidade mais empreendedora do estado, já que participarão Instituições de Ensino Superior de todo o estado de Santa Catarina. 

Conforme pesquisas da Endeavor e Sebrae, em Santa Catarina, 24,6% dos jovens universitários esperam criar empresas de alto crescimento, número que ultrapassa a média nacional. Além disso, 63,8% dos universitários declararam-se potenciais empreendedores e 12,6% já empreendem.

Os números indicam forte potencial empreendedor dos universitários do estado. Fato que afirma ainda mais a importância do Reuni Challenge para o desenvolvimento da cultura empreendedora dentro das universidades. “Todas as disciplinas e diferentes cursos se encaixam no empreendedorismo. Hoje em dia a universidade vai ter que focar bastante nessa mudança de mindset, e ter uma visão maior do processo empreendedor”, comenta um dos coordenadores do evento, Salomão Eineck.

Salomão ressalta a importância de acessibilizar a cultura empreendedora para o impacto não só no universo acadêmico, mas também no ecossistema empreendedor como um todo, já que são muitas as ideias que nascem dentro das universidades e precisam de estrutura para transformar-se em negócio. “A questão é os alunos terem acesso a isso, porque a falta de acesso é uma das piores coisas que existem. Se você tem a possibilidade e não tem interesse em fazer, você sabe que existe a oportunidade. A gente vê esse impacto de forma muito grande até mesmo para os alunos que não tem interesse, já que eles começam a ver que existe alguma coisa ali”, conta. 

Live #3 – Reuni Challenge

Live será nesta sexta-feira (20), às 18h

Com o objetivo de estimular a cultura empreendedora dentro das instituições de ensino superior do estado de Santa Catarina, o Reuni Challenge SC irá conectar o conhecimento universitário com demandas reais da sociedade, mentores com experiência de mercado, o ecossistema de inovação e o Governo do Estado, para o desenvolvimento de projetos inovadores em apenas um final de semana.

Todas as sextas-feiras, às 18h,no You Tube do Orion Parque Tecnológico, Projeto Reuni e Rede Catarinense dos Centros de Inovação, apresentamos cases, trazemos conteúdo e conversamos com pessoas que estão diretamente envolvidas com o evento! Não perde essa!

O Reuni Challenge tem a realização do Orion Parque Tecnológico, Prefeitura de Lages, Governo do Estado de Santa Catarina, Fapesc, Rede Catarinense dos Centros de Inovação e NSC. O Sistema ACAFE apoia o evento. Todos os detalhes estão na página do Reuni Challenge.

Supervisão Afonso Gobbi Rodrigues

Sem comentários
Poste um Comentário

4 × 2 =