fbpx

 

Siga a gente nas redes sociais!

Blog

Aula-inaugural da Aceleração de Projetos Sociais do Orion debate negócios de impacto

Conversa sobre projetos sociais e negócios de impacto, a aula inaugural da Saiph – Aceleradora de Projetos Sociais foi realizada na última quarta-feira (20/05), no Facebook do Orion Parque. Cerca de 15 projetos sociais da região acompanharam o primeiro módulo do curso.

A Aceleração de Projetos Sociais é um programa que dá suporte aos projetos sociais da região, instigando-os a pensar fora da sua zona de conforto, buscando sustentabilidade no período pós-Covid-19. O Programa de aceleração acontecerá durante um período de até quatro meses, mas não tem uma data de conclusão definitiva, pois sua metodologia é adaptada conforme as necessidades e dificuldades encontradas ao longo do percurso pelas iniciativas aceleradas.

Na conversa, o líder de Programas e Ações Raul Capistrano, falou sobre o funcionamento da Aceleradora, que teve uma versão piloto em 2019. “Nessa oportunidade, tivemos quatro ou cinco encontros, onde pudemos trabalhar e notar a dificuldade desses projetos em captar recursos, porque muitas vezes esses projetos sociais ou culturais não tem CNPJ ou qualquer tipo de formalização. São fragilidades que notamos e buscamos agora tentar mitigar isso”, comentou Raul.

Poderão participar projetos sociais e ideias criadas para atender às necessidades específicas da comunidade, como projetos de refeição para famílias necessitadas,  projetos para incentivo de esportes para crianças e adolescentes, projetos culturais para valorização da história local, projetos para ensino de música e dança, projetos com finalidades socioambientais e demais projetos voltados para a comunidade.

Pedro Ceron, que trabalha com Gestão Criativa, e também é consultor em planejamento estratégico, inovação e liderança, comentou sobre o que define um negócio de impacto. “Negócio de impacto é aquele que busca resolver um certo tipo de problema dentro de uma cidade, de uma comunidade, ou até mesmo globalmente. Nunca precisamos tanto de negócios que pensem em impacto como nesse momento de Covid-19”, comentou.

Instituições, gestores de pequenos projetos, mobilizadores e articuladores de iniciativas sociais são exemplos de perfis para o curso de Aceleração de Projetos Sociais.

“São pessoas que trabalham sozinhas, muitas vezes. Não sabem como constituir empresas, ou uma empresa específica para projetos sociais. Não sabe fazer uma prestação de contas, gerenciar patrocínio. O perfil de gestores de projetos sociais é um perfil bem genérico. Podemos dar vários exemplos, como o de garotas do IFSC aqui de Lages, que fazem o trabalho de valorização de pessoas que estão em situação de vulnerabilidade, com publicações nas redes sociais da história de vida de catadores de lixo reciclável, que fazem ações em asilos, que tenham mini-projetos, que tenham ideias. O importante é a vontade de participar, para que se aprenda o básico e consigam abrir um negócio de impacto”, comentou Raul Capistrano, líder da iniciativa.

Já para Thayne Garcia, fundadora do Impulso Coletivo, um hub de iniciativas de impacto socioambiental e economia criativa criado em 2019, reunindo pessoas que já promoviam ações de inovação social e projetos de impacto socioambiental na cidade de Uberlândia (MG), a discussão sobre isso no Brasil é muito recente. “Começamos a discutir sobre isso no Brasil há mais ou menos uns cinco anos. É uma mudança na linha de raciocínio das empresas não visar apenas o lucro, mas também um resultado positivo, e que o projeto social gere também um resultado positivo”, afirma.

Evertom Watrick, da Catálise Criativa, articuladora cultural social que promove a transformação social através da Economia Criativa, falou um pouco sobre o que deve ser pensado nos negócios sociais.

“Quando você entra num negócio social, você tem que apaixonado por resolver aquele problema. Não importa muito a solução que você vai fazer, mas resolver o problema. Temos que entender qual é o problema que ele resolve”, disse.

Inscreva-se na Aceleradora através do link: plid.in/orionaceleracao 

Reveja a aula inaugural da Aceleradora Saiph

Acompanhe o cronograma das próximas aulas

  • Dia 28/05 – 19h – Mindset, Criatividade e Comportamento;
  • Dia 04/06 – 19h – Como vincular os Objetivos de Desenvolvimento Sustentáveis da ONU no meu projeto?;
  • Dia 10/06 – 19h – Protagonismo social;
  • Dia 18/06 – 19h – Estratégia;
  • Dia 25/06 – 19h – Canvas, Lean Startup;
  • Dia 02/07 – 19h – Teoria da mudança, mobilização e engajamento;
  • Dia 09/07 – 19h – Fluxonomia, golden circle;
  • Dia 16/07 – 19h – Novas economias;
  • Dia 23/07 – 19h – Desenvolvimento de Lideranças e parcerias e voluntários;
  • Dia 30/07 – 19h – Sustentabilidade Financeira, planejamento financeiro e fluxo de caixa;
  • Dia 06/08 – 19h – Patrocínios, doação e fontes de receita;
  • Dia 13/08 – 19h – Marco regulatório das OSC’s, MROSC e sua aplicação no âmbito municipal;
  • Dia 20/08 – 19h – Qual a importância do marketing para projetos sociais?;
  • Dia 27/08 – 19h – Pitch, Storytelling, venda e construção de narrativas;
  • Dia 03/09 – 19h – Como definir a estratégia do meu projeto social e gestão de projetos pelo PMD PRO;
  • Dia 10/09 – 19h – Elaboração de projetos e fontes de recurso;
  • Dia 17/09 – 19h – Captação de recursos por incentivos fiscais;
  • Dia 24/09 – 19h – Execução e prestação de contas;
  • Dia 01/10 – 19h – Indicadores e transparência;

Sem comentários
Poste um Comentário