fbpx

 

Siga a gente nas redes sociais!

Blog

ACATE elege remotamente nova diretoria para gestão 2020/2022

À frente da nova diretoria, o presidente Iomani Engelmann Gomes pretende capilarizar ainda mais a entidade em todo o estado catarinense. Capacitação de talentos, relações governamentais e o fortalecimento da integração serão os três principais pilares dos próximos dois anos de gestão; conselheira do Orion tem a missão de integrar polos pelo estado. O Orion Parque é o polo da ACATE na região serrana de Santa Catarina.  

A nova diretoria da ACATE, gestão 2020/2022, foi eleita na quarta-feira, 20 de maio, em Assembleia Geral Extraordinária, realizada de forma remota e com a participação das das empresas associadas. Tomaram posse no dia 1º de junho o presidente Iomani Engelmann Gomes e seis vice-presidentes: Annalisa Blando Dal Zotto (Financeiro), Arthur Medeiros Nunes (Ecossistema), Diego Brites Ramos (Relacionamento), Henrique Marcos Fava Bilbao (Marketing), Nelissa Gevaerd Colossi Branco (Integração) e Moacir Antônio Marafon (Talentos).

Também foram eleitos os novos membros dos Conselhos Deliberativo e Fiscal. Compõem a nova diretoria representantes de diversas regiões de Santa Catarina e associadas de todos os portes, de startups a grandes empresas. Além disso, é a primeira vez que mulheres assumem cargos de vice-presidência. A gestão que se despede foi marcada pela união e pelo fortalecimento do setor de Tecnologia. Por dois mandatos consecutivos, estiveram à frente o presidente Daniel Leipnitz, e os vice-presidentes Iomani Engelmann Gomes (Negócios), Marcos Lichtblau (Finanças) e Silvio Kotujansky (Mercado).

A nova gestão chega para solidificar e desenvolver ainda mais o ecossistema catarinense de tecnologia. A nova vice-presidência de Integração, sob o comando de Nelissa Branco, da empresa Softecsul, de Lages, pretende capilarizar ainda mais a entidade em Santa Catarina, estadualizando ações bem sucedidas de cada uma das regiões. A vice-presidência de Marketing terá como desafios o incremento da visibilidade da associação, a comunicação com os associados e a promoção dos eventos, sendo liderada pelo empresário Henrique Bilbao, da Ezok, de Blumenau, onde ocupa também a presidência da Blusoft. Diego Ramos, da Teltec Solutions, fica responsável pela vice-presidência de Relacionamento, buscando estreitar a interação com parceiros e Governo.

Arthur Nunes, da Plotkids, assume a vice-presidência de Ecossistema, liderando a relação com os associados e a operação dos programas da entidade. A nova vice-presidência de Talentos, ocupada pelo co-fundador da empresa Softplan, Moacir Marafon, tem como missão trabalhar pela formação, atração e desenvolvimento de profissionais qualificados. Na vice-presidência Financeira, Annalisa Dal Zotto, da ParMais, fica responsável pela gestão financeira da ACATE. Iomani Engelmann, que ocupava a vice-presidência de Negócios, assume a Presidência da entidade. Co-fundador da empresa Pixeon, que nasceu na incubadora MIDITEC, Iomani estabelece os três principais pilares da gestão: capacitação de talentos, estreitamento de relações com as esferas governamentais e o fortalecimento da integração estadual.

Nos últimos quatro anos, integrar as empresas e as várias regiões do estado também foi o principal trabalho da gestão presidida por Daniel Leipnitz. Houve uma intensa aproximação com os polos de inovação de Santa Catarina e a reestruturação do modelo de convênio, que ocorreu em 2018. A partir disso, a ACATE alcançou 1.400 empresas associadas, com nove polos conveniados nos municípios de Blumenau (Blusoft), Tubarão (ACIT), Criciúma (ACIC), Rio do Sul (ACIRS), Itajaí (ACII), Brusque (CITI), Chapecó (Deatec), Lages (Orion) e Joinville (Softville). Nestes dois anos de parceria firmada, foram 32 ações realizadas para proporcionar mais desenvolvimento do setor em todo o estado.

Durante os dois últimos biênios, a ACATE ultrapassou as fronteiras de Santa Catarina com a abertura de escritórios em São Paulo (Capital) e Boston (Estados Unidos). A partir de uma necessária aproximação com o Governo do Estado e com as Prefeituras Municipais, a relação oportunizou avanços para o setor, como o decreto estadual que definiu a não incidência de ICMS sobre o Software; redução do ISS em São José; parceria entre Prefeitura Municipal de Florianópolis e ACATE na criação do Projeto Rede Municipal de Centros de Inovação de Florianópolis; participação no Pacto pela Inovação, em Joinville, e no Conselho de Inovação de Chapecó; e cocriação do movimento Floripa Conecta.

Foram potencializados os trabalhos realizados pelos Programas Estratégicos, como StartLab, MIDITEC, Verticais de Negócios e LinkLabs (Primavera, São José e Joinville). Ao todo, 507 empresas têm sido impactadas diretamente pelas iniciativas. Para estimular a troca de ideias e experiências entre empreendedores e profissionais ligados ao setor, foram criados, ainda, os Grupos Temáticos: Mulheres ACATE, RH.TEC, Internacionalização, RIA e Investimentos, entre 2016 e 2018. Neste mesmo período, a Associação lançou o ACATE Startups, um espaço para novos negócios inovadores voltado para empreendedores que buscam conexões, conhecimento, apoio e mentorias.

Reconhecimento também foi palavra-chave nesta última gestão. A Associação foi premiada na categoria Melhor Hub de Inovação, do Startup Awards, nos anos de 2018 e 2019. Esse é  o maior reconhecimento do ecossistema de startups e inovação do Brasil. O MIDITEC foi eleito como uma das cinco melhores incubadoras do mundo, pela UBI Global, nos anos de 2018 e 2019. Além disso, na categoria Tecnologia, a ACATE foi premiada no Top de Marketing e Vendas da ADVB/SC.

Conselheira do Orion tem a missão de integrar polos pelo estado

Vice-presidente do Conselho de Administração do Instituto Orion, a empreendedora Nelissa Branco, da Softecsul, residente no Orion Parque, assumiu a vice-presidência de Integração da ACATE para a gestão 2020/2022. Comentando sobre os desafios deste novo mandato, Nelissa falou sobre o que planeja em conjunto com a equipe e a área a ser trabalhada.

“A nossa intenção é levar o bom exemplo do Orion às outras regiões, juntamente com os programas que o Parque Tecnológico têm a contribuir, que já foram testados. O case do Orion é muito bacana porque Lages não tem, digamos, uma tradição com relação à tecnologia, inovação. Além disso foi um dos primeiros pólos, e por isso é mais inspirador ainda para os outras regiões do estado”, lembrou. 

Sobre as primeiras ações a serem tomadas, a equipe gestora recém-eleita prepara uma série de medidas para os três meses iniciais de mandato. 

“A ACATE é uma instituição extremamente organizada. Estamos preparando todo projeto para 100 dias, como se fosse um planejamento estratégico, da onde desenvolvemos as ações. Na reunião que fizemos, o presidente Iomani falou que está montando um Plano de Ação, para podermos integrar as iniciativas que faremos com todos os outros vice-presidentes e a própria presidência”, comentou Nelissa. 

Plano de Ação ACATE – Covid-19

A mais recente iniciativa da última gestão foi a estruturação de um plano de ação diante da pandemia causada pelo novo coronavírus. Criado em março, o Plano de Ação ACATE – Covid-19 já impactou mais de 13 mil pessoas. O objetivo foi proporcionar às empresas associadas necessárias políticas de desconto e linhas de crédito, auxílios e benefícios em forma de negociações e programas de apoio e mentoria.

A partir desta iniciativa, foram realizados 366 atendimentos específicos a associados, 48 mentorias individuais – entre profissionais voluntários e empresários que buscaram por ajuda, e 12 webinars pelo canal do YouTube – com mais de 2,5 mil participações e cerca de 5 mil visualizações nos vídeos.

Também como parte do Plano de Ação, foram divulgados o Fundo Garantidor ACATE – de mais de R$ 1,3 milhões para apoiar o setor e que, até o momento, foi solicitado por 92 empresas. Na esteira das oportunidades para o setor, foi lançado o projeto ACATE Reconecta, para aproximar profissionais de tecnologia impactados com a crise às empresas que buscam talentos para as oportunidades disponíveis. Recentemente, foi lançado também o ACATE União, iniciativa que auxilia, por meio de diagnósticos e atendimentos individualizados, as empresas de tecnologia no enfrentamento da crise.

A entidade mapeou 51 soluções tecnológicas para o combate e prevenção da Covid-19 e para apoio na digitalização de empresas. Também lançou duas pesquisas de impacto no setor, além de uma terceira específica para apoiar empresas associadas interessadas na compra de testes para o novo coronavírus. Mesmo diante do contexto de crise, 19 novas empresas se associaram à ACATE.

Durante a assembleia online desta quarta-feira (20), também foram apresentados os principais indicadores e colocada em votação as contas do exercício de 2019, que foram aprovadas. Daniel Leipnitz, que deixa a presidência da Associação, permanece a atuação junto à entidade como integrante do Conselho Deliberativo.

Conheça abaixo a composição da nova diretoria da ACATE:

DIRETORIA ESTATUTÁRIA

  • Presidente

Iomani Engelmann Gomes (Pixeon) – Florianópolis

  • Vice-presidente de Finanças

Annalisa Blando Dal Zotto (Parmais) – Florianópolis

  • Vice-presidente de Ecossistema

Arthur Medeiros Nunes (PlotKids) – Florianópolis

  • Vice-presidente de Relacionamento

Diego Brites Ramos (Teltec) – Florianópolis

  • Vice-presidente de Marketing

Henrique Marcos Fava Bilbao (Ezok) – Blumenau

  • Vice-presidente de Talentos

Moacir Antonio Marafon (Softplan) – Florianópolis

  • Vice-presidente de Integração

Nelissa Gevaerd Colossi Branco (Softecsul) – Lages

CONSELHO DELIBERATIVO

  • Alexandre d‘Avila da Cunha (Cebra) – Florianópolis
  • André Krummenauer (Involves) – Florianópolis
  • Claudio Roberto Grando (Audaces) – Florianópolis
  • Daniel dos Santos Leipnitz (Visto Sistemas) – Florianópolis
  • Darlan Segalin (Amplimed) – Chapecó
  • Edenir Silva (Grupo Nexxera) – Florianópolis
  • Fábio Beal (Kiper) – Florianópolis
  • Fernanda Maria Barreto Bornhausen (SocialGood Brasil) – Florianópolis
  • Jorge José Cenci (Senior) – Blumenau
  • José Rizzo Hahn Filho (Pollux) – Joinville
  • Nadine Heisler Wassmer (Domlexia) – Florianópolis
  • Rui Luiz Gonçalves (AltoQi) – Florianópolis
  • Tiago Alexandre Vailati (Hiper) – Florianópolis

CONSELHO FISCAL

Membro efetivo

  • Guilherme Domingos Ferla Junior (Grupo DOT) – Florianópolis

Membro efetivo

  • Marcos Luiz Marchezan (Instituto Stela) – Florianópolis

Membro efetivo

  • Sergio de Lima Viola (Jexperts) – Florianópolis

Membro suplente

  • David Mauricio Escobar Gomez (4C) – Joinville

Membro suplente

  • Maristela Franco Paes Leme Pinheiro (NPU) – Florianópolis

Com informações ACATE

Sem comentários
Poste um Comentário