fbpx

 

Siga a gente nas redes sociais!

Blog

Você já pensou em desenvolver um negócio em apenas um fim de semana?

Uma competição entre universidades e universitários, com o desafio de criar uma startup do zero em apenas três dias: esse é o objetivo do Reuni Challenge, evento online que ocorre pela segunda vez este ano, promovido pelo Orion Parque.  

Entre os dias 06 a 08 de novembro, a iniciativa permite que os envolvidos tenham realmente a oportunidade de “colocar a mão na massa”, passando por todas as fases de uma negócio real: desde a criação da ideia, e construção de modelos de negócios e validações de hipótese, até a apresentação final para uma banca de avaliadores. Na prática, o Reuni Challenge é uma versão reduzida do Startup Weekend, já realizado no Orion Parque.

Durante o evento os participantes recebem ajuda de mentores com experiência de mercado, além de capacitações para superar os desafios da criação de um novo negócio. No fim, a equipe vencedora receberá uma premiação em dinheiro e a universidade vinculada o título de instituição mais empreendedora da Serra e Meio-Oeste Catarinense.   

“O desenvolvimento de uma região depende muito do potencial empreendedor das universidades e dos universitários da localidade. Quanto mais contatos com o empreendedorismo, mais chances o estudante tem de desenvolver um novo negócio e colocar em prática os conhecimentos adquiridos durante seus estudos. Por isso, eventos como esse são tão importantes para o desenvolvimento regional”, comenta Raul Capistrano, líder do setor de Programas e Ações do Orion. 

Experienciando momentos de descoberta profissional 

O Reuni Experience Covid-19, em maio passado, envolveu 25 universitários, de seis equipes diferentes. O evento teve como desafio fazer com que os empreendedores criassem, do zero, uma startup que pensasse soluções para os problemas causados pela pandemia do Sars-CoV-2 , o vírus causador da Covid-19, na região. A solução vencedora foi desenvolvida pelo pessoal do CAV, que apresentou a ideia Digital Wellness, que busca solução para facilitar a logística de compras de pessoas do grupo de risco em supermercados.

O segundo lugar ficou com a cápsula biodegradável de álcool em gel, que objetiva proporcionar agilidade, segurança e sustentabilidade durante o processo de higienização das mãos, ideia desenvolvida pela equipe representante do Instituto Federal de Santa Catarina – IFSC, de Lages. Para Kauana Ribeiro, estudante de Processos Químicos e participante do evento, a experiência foi uma descoberta profissional. 

“Antes de participar do Reuni Challenge, em maio, a minha meta, profissionalmente falando, era terminar a graduação, fazer um mestrado, doutorado, e seguir na área acadêmica, como professora universitária e trabalhar com pesquisa. Depois que eu participei do Reuni, porém, eu percebi que não estaria satisfeita só fazendo isso, só sendo professora universitária, que já é algo muito extraordinário, mas eu também quero ter o meu próprio negócio, porque nos três dias de Reuni eu consegui ver o quanto isso é maravilhoso. Eu coloquei em prática todo aquele conhecimento teórico que eu tive na minha graduação, e juntei com a parte de inovação e empreendedorismo”, afirmou ela, que atualmente trabalha na startup Scienco Biotech, residente no Orion Parque.  

Kauna trabalha hoje com biotecnologia na Scienco Biotech

As inscrições para a nova edição podem ser feitas pelo link: https://plid.in/inscricaoreunichallenge . Durante os três dias as equipes terão que desenvolver sua ideia, a fim de solucionar um problema real, passando por todas as etapas e emoções da criação de um negócio! Mas é claro, com a ajuda de capacitações e mentorias durante todo o período. Cada universidade ficará responsável por montar as equipes, de forma multidisciplinar, buscando a complementaridade de conhecimento. Caso tenha mais inscritos do que vagas da sua universidade, ficará a critério da instituição  fazer a seleção dos participantes.

Sem comentários
Poste um Comentário